Golpes na Xbox Live? - Arte Virtual FIFA Clube

Golpes na Xbox Live?

No texto a seguir, um leitor do Kotaku Brasil que pediu anonimato conta como foi vítima do golpe que vem circulando na Xbox Live há alguns meses. O relato é semelhante ao que já ouvimos por aí, e se repete em testemunhos de outros usuários nos fóruns do site oficial do Xbox (casos 1, 2, 3 e 4): estranhos invadem contas da Xbox Live e roubam Microsoft Points para comprar conteúdos relacionados a FIFA 12; a conta fica bloqueada enquanto a Microsoft investiga o caso depois que a vítima aciona o suporte. Em alguns casos, a conta pode voltar à ativa depois de 1 mês ou mais. A Microsoft afirma que é um golpe de phishing, e não se trata de invasão. Segundo a empresa, não houve quebra de segurança na Xbox Live.

___________

ATUALIZADO – Horas depois da publicação deste texto, recebemos novidades do nosso leitor: “Menos de 24 horas após ter sido vítima daquele baita problema, minha conta foi restaurada, meus MS Points foram ressarcidos e como compensação pelos transtornos recebi 180 MS Points adicionais e 1 mês de assinatura Gold. Definitivamente, todos erram. E talvez o diferencial seja aquilo que você faz com o erro. Assim, a julgar apenas pelo serviço norte-americano, posso dizer que sou um cliente satisfeito. A Microsoft agiu rapidamente e devolveu tudo que era meu por direito sem impor qualquer tipo de barreira. Mas a dúvida sobre como ocorrem estas violações continua pairando no ar.”

___________

Sou leitor do Kotaku e acompanhei, nos últimos meses, uma série de artigos que tratavam da violação da rede da Microsoft, inclusive aquela referente a uma “embaixadora” da Xbox Live.

Pois bem. Eu sempre achei que isso era coisa “dos outros”. Meu PC é limpo, Windows original e atualizado, antivírus original e atualizado, uso exclusivo meu e de mais ninguém. Nenhum pendrive entra no meu computador, nem que seja “só a cabecinha” (com o perdão do trocadilho). Minha senha? Forte como um touro: 11 caracteres, dos quais 5 são letras e 6 são números. Dentre as letras, 2 são minúsculas e 3 são maiúsculas.

E o que aconteceu hoje, 25 de janeiro, por volta das 22h? Meu saldo de Microsoft Points zerou. Mais de 3 mil pontos foram gastos, segundo o site billing.microsoft.com, em um produto chamado “Premium Gold Jumbo”, que eu sequer sabia existir até entrar em contato com a Microsoft para resolver a questão.

Mas o invasor, este filho da mãe, não é malvado. Ele fez questão de deixar em minha conta registros de FIFA 12 (?!), jogo que nunca vi, nem comi, eu só ouço falar. E mais: liberou 3 conquistas! É um bandidinho generoso, não?