Conheça Paulo PH Freitas, o pro player do Arte Virtual no PS4

Escrito por Augusto Gaia

Com 22 vitórias, 116 gols marcados e apenas 21 gols sofridos, Paulo PH Freitas sagrou-se campeão da Copa Razer – PS4, mas engana-se quem pensa que ele é um jogador de alto nível somente no console da Sony. Isso porque dos 5 títulos ganhos no Arte Virtual, PH ganhou 4 no PC (uma Fast Cup Libertadores, Fast Cup Geral 85, Copa AVFC e Fast Cup Futebol Feminino) e ainda disputou a Copa Razer no Xbox One, terminando em terceiro lugar num campeonato disputado por 104 jogadores. As conquistas do potiguar de 27 anos não param por aí: Paulo já foi 4 vezes campeão estadual, 4 vezes campeão SAGA e tem 1 título nos campeonatos do Eflix, FIFA Minas, FIFA Brasil, Copa iByte e Dragons League, fora as mais de 10 vezes em que ele ficou no TOP 100 da Weekend League entre o FIFA 17 e o FIFA 18.

Além disso, ele chegou a se classificar para o Regional de Miami no ano passado, que teve o Rafifa como campeão, mas não teve tempo de tirar o visto para viajar para os Estados Unidos e ficou de fora da competição. Meses depois, em julho, PH teria outra chance de se classificar para um Regional. Na eliminatória brasileira patrocinada pela VISA (FIWC Qualifier Brasil), chegou às quartas-de-final e só foi eliminado para o campeão Lucas Rep. Agora com toda essa experiência, ele espera alcançar voos mais altos nesta temporada FIFA 18. Como premiação pelo título da Copa Razer, Paulo PH Freitas agora é o pro player oficial do clube no PS4. Fizemos uma breve entrevista com o campeão. Confira:

AVFC – Desde quando você joga FIFA e qual foi o primeiro torneio que você participou?

PH – Jogo FIFA desde 2013. O primeiro torneio que disputei foi a Copa iByte que acabei sendo campeão.

AVFC – Qual a sua formação preferida? E qual tática personalizada você usou para ser campeão?

PH – Minha formação preferida é a 4-1-2-1-2 fechada, mas no FIFA 18 tenho utilizado bastante a 4-2-2-2.

A personalizada que usei para ser campeão da Copa Razer foi:

Velocidade 60 / Passes 40 / Organizado

Estilo dos Passes 60 / Cruzamentos 40 / Finalizações 50 / Organizado

Pressão 50 / Agressividade 50 / Amplitude 60 / Cobertura

AVFC – Além de ter participado da Copa Razer no PS4, você participou da Copa Razer no Xbox One e fez uma ótima campanha, ficando em 3º lugar. Você está em um grande momento. Como está a sua expectativa para a Weekend League de Fevereiro, que dará classificação para a FUT Champions de Abril?

PH – A novidade para essa temporada foi eu ter entrado também no competitivo da plataforma Xbox One e pra minha surpresa já consegui bons resultados mesmo em adaptação, principalmente ao controle. Estou bem confiante para a WL de fevereiro, estudei bastante o jogo durante esses meses, venho treinando forte e consegui montar o time que desejava, com isso acredito que chegarei bem forte para buscar a vaga para a próxima etapa do mundial.

AVFC – O que, na sua opinião, falta para o eSport de FIFA se tornar mais bem-sucedido no Brasil?

PH – Acredito que o passo mais importante seria a CBF e os clubes brasileiros criarem um bom relacionamento com a EA para que ela possa valorizar mais o nosso mercado e os jogadores. Tivemos uma evolução considerável nos últimos dois anos em relação ao competitivo no Brasil, mas ainda está muito longe do ideal. Falta um calendário, falta uma federação que nos apoie e que nos dê a estrutura que precisamos para competir durante a temporada.

AVFC – Digamos que eu queira me tornar um jogador profissional de FIFA. Quais passos seguir? Quantas horas devo treinar por dia?

PH – Minhas dicas para quem quer ser um jogador profissional de FIFA são:

1º dica: conhecer o jogo, treinar bastante o modo “Jogos de Habilidades”, através dele você irá conhecer e aprender os principais fundamentos do jogo;

2º dica: participar das ligas online, onde terá a oportunidade de competir e testar o seu nível, buscando sempre evoluir;

3º dica: participar das comunidades, fazer amizades e ter sempre um grupo de treino;

4º dica: assistir jogos e dicas de Pro Players nas pricipais plataformas que existem hoje, como Twitch e Youtube;

5º dica: gravar as partidas e estudar o seu jogo, analisar o que está fazendo de certo e errado e como melhorar.

Acredito que treinando de 4 a 6h por dia é possível atingir um bom nível em um curto período, mas claro, depende muito de como será o seu treino. É preciso se testar, quanto mais você sentir que precisa melhorar, mais você terá que se dedicar para atingir o nível mais alto.

AVFC – De que modo a sua participação nos torneios do Arte Virtual te influenciou em relação ao respeito, treinamento e motivação para continuar disputando esses torneios de FIFA?

PH – O Arte Virtual foi uma das primeiras ligas que participei e onde ganhei um dos meus primeiros títulos online no FIFA. Por ser o maior site de campeonatos de FIFA, é aqui que estão os melhores Pro Players do Brasil. Poder ser campeão jogando contra os melhores te da motivação para continuar se dedicando para alcançar objetivos ainda maiores.

Você pode acompanhar o desempenho do PH em futuras competições através de suas redes sociais:

Facebook: Paulo PH Freitas

Twitter: Paulo PH Freitas

Instagram: Paulo PH Freitas

Twitch: Paulo PH Freitas

VOCÊ PODE SE INTERESSAR TAMBÉM…

– EA divulga os 11 jogadores da Seleção do Ano do FIFA 18

– eMLS: o torneio oficial de eSports da Major League Soccer

– Nova atualização do FIFA 18 adiciona atletas que jogavam no Brasileirão

Acompanhe todas as novidades aqui no site, no FacebookTwitterInstagram e YouTube do Arte Virtual.

 

Conheça Brenner Silva, o pro player do Arte Virtual no Xbox One

Escrito por Augusto Gaia

19 vitórias, um empate, 101 gols marcados e apenas 32 gols sofridos: esse foi o desempenho de Brenner Silva ao longo da Copa Razer – Xbox One. O campeão invicto já havia ganho outros três torneios no Arte Virtual: uma Copa da Europa, a Fast Cup Geral 85 e a Fast Cup Ultimate Team, todas no FIFA 17. E o currículo vencedor do garoto de 18 anos não para por aí: fora do clube, já conquistou um Campeonato Carioca presencial, foi tricampeão no TorneiosOnline, uma vez campeão no Campeonato Gamer, bicampeão da G-Infinity 2017, campeão da seletiva da E-Cup e vice-campeão da Hero League, além de colecionar inúmeros Top 100 na Weekend League. Ele conta ainda que ficou abaixo da classificação Elite 1 apenas duas vezes desde que o FIFA 18 foi lançado (para chegar a este nível, é necessário vencer no mínimo 34 de 40 jogos da WL). Uma regularidade que o faz permanecer toda semana entre o Elite 1 e o Top 100.

Como premiação pelo título da Copa Razer, Brenner é agora o pro player oficial do Arte Virtual FC na plataforma Xbox One. Fizemos um rápido bate-papo com o campeão. Confira:

AVFC – Desde quando você joga FIFA e qual foi o primeiro torneio que você participou?

Brenner – Eu jogo FIFA desde o FIFA 14, antes disso eu só jogava PES. O primeiro torneio competitivo que eu participei foi a “Hero League”, que aconteceu no final de 2016.

AVFC – Qual a sua formação preferida? E qual tática personalizada você usou para ser campeão?

Brenner – Minha formação preferida é a 4-1-2-1-2 (2), A tática personalizada que eu uso é a seguinte:

Velocidade 65 / Pases 50 / Organizado

Estilo dos passes 60 / Cruzamentos 60 / Finalizações 50 / Organizado

Pressão 47 / Agressividade 48 / Amplitude do time 50 / Cobertura

Mas não existe uma tática fixa, a principal dica é mudar conforme o jogo. Por exemplo, quando estou perdendo e precisando de gols, eu coloco a pressão e agressividade 60 para zaga marcar em cima. Muitas outras coisas podem ser mudadas também…

AVFC – Atualmente, você é o jogador com o maior número de vitórias consecutivas do Arte Virtual, com 16 triunfos seguidos, um número espetacular! Como está a sua expectativa para a Weekend League de Fevereiro, que dará classificação para a FUT Champions de Abril?

Brenner – Estou muito ansioso para a WL de fevereiro, creio que estou com um ótimo desempenho e um bom time, espero conseguir essa tão sonhada vaga para o Mundial dessa vez, apesar de saber que é muito complicado, pois existem inúmeros pro players do mundo todo com o mesmo objetivo e que jogam demais.

AVFC – O que, na sua opinião, falta para o eSport de FIFA se tornar mais bem-sucedido no Brasil?

Brenner – Eu acho que falta mais investimento, nos últimos anos andam acontecendo vários campeonatos com premiações bem altas, isso é muito gratificante pois cada vez mais as pessoas se interessam pelo game, seja pra jogar ou para assistir e torcer para aqueles jogadores que eles admiram. Eu posso citar no Brasil a E-Cup que valia R$ 50 mil, a G-Cup que vai valer R$ 10 mil e a Copa EI Games que valia R$ 10 mil também.

AVFC –  Agora uma pergunta que interessa a quem quer se tornar um pro player de FIFA. Quais passos seguir? É necessário treinar quanto tempo por dia?

Brenner – É importante você jogar a Weekend League (Fut Champions), pois é lá que está o modo competitivo do FIFA, que dá vaga para o Mundial, etc… Você tem que jogar ela toda semana. Outro passo também importante é você se inscrever em campeonatos online como o Arte Virtual FC, pois além de você jogar com ótimos jogadores para testar e observar o seu nível, ainda vale dinheiro. Em relação à dedicação, essa parte é realmente complicada, pois você tem que treinar diariamente, uns dias que você fica sem jogar já sente na jogabilidade. No meu caso, eu jogo pelo menos 1 ou 2 horas por dia pra manter o ritmo. Para quem está começando tem que ser mais, para aprender cada função do jogo e saber aproveitá-las. No FIFA 17, eu finalizei com quase 4.000 jogos no histórico do ano inteiro e nesse FIFA 18 já estou com mais de 1.000 jogos, isso se deve muito também por jogar toda semana a Wekeend League.

AVFC – De que modo a sua participação nos torneios do Arte Virtual te influenciou em relação ao respeito, treinamento e motivação para continuar disputando esses torneios de FIFA?

Brenner – O Arte Virtual foi o primeiro site de torneios online que eu descobri. Além de ajudar muito a elevar o meu nível, foi o pivô na minha motivação para se tornar um pro player, pois eu comecei a disputar em vários sites depois dele e comecei a ganhar quase tudo, podendo assim, fazer dinheiro apenas jogando FIFA.

Você pode acompanhar o desempenho do Brenner em futuras competições através de sua fan page nas redes sociais:

Facebook: AVFC Brenner

Twitter: AVFC Brenner

VOCÊ PODE SE INTERESSAR TAMBÉM…

– EA divulga os 11 jogadores da Seleção do Ano do FIFA 18

– eMLS: o torneio oficial de eSports da Major League Soccer

– Nova atualização do FIFA 18 adiciona atletas que jogavam no Brasileirão

Acompanhe todas as novidades aqui no site, no FacebookTwitterInstagram e YouTube do Arte Virtual.