FIFA 19 terá 16 novos estádios da La Liga

A EA SPORTS anunciou nesta sexta-feira (17/08) que o FIFA 19 terá 16 novos estádios da La Liga, totalizando 19 arenas da Espanha no jogo. O único estádio ausente dentre os times da primeira divisão espanhola é o Camp Nou, que por conta da parceria Barcelona-Konami estará presente apenas no PES 2019.

Confira a lista completa de estádios espanhóis:

  • Estadio Mestalla (Valencia)
  • Estadio ABANCA-Riazor (Deportivo La Coruña)
  • Estadio Benito Villamarín (Real Betis)
  • Estadio La Rosaleda (Málaga)
  • Estadio San Mamés (Athletic Bilbao)
  • Ramón Sánchez-Pizjuán (Sevilla)
  • Coliseum Alfonso Pérez (Getafe)
  • Estadio de Gran Canaria (UD Las Palmas)
  • Estadio de la Cerámica (Villareal)
  • RCDE Stadium (Espanyol)
  • Estadio de Balaídos (Celta Vigo)
  • Municipal de Ipurua (Eibar)
  • Estadio Ciutat de València (Levante)
  • Estadio de Anoeta (Real Sociedad)
  • Municipal de Butarque (Leganés)
  • Estadio de Mendizorrotza (Alavés)
  • Estadio de Montilivi (Girona)
  • Santiago Bernabéu (Real Madrid)
  • Wanda Metropolitano (Atlético Madrid)

Além das arenas, o FIFA 19 terá também os placares oficiais da competição (que já estavam presentes no FIFA 18) e mais de 200 novos rostos escaneados.

via EA SPORTS FIFA

Vale tudo: FIFA 19 terá modo com partidas sem faltas e impedimentos

A EA Sports divulgou outras novidades do FIFA 19 neste sábado (04). O ponto alto do anúncio é a quantidade de novos elementos para o modo Kick-Off, a opção básica de FIFA que abriga partidas avulsas, simples amistosos ou torneios de tiro curto. Em FIFA 19, o modo se expande e oferece novas maneiras de se disputar uma partida de futebol.

O modo Kick-Off terá diversas maneiras de se personalizar os parâmetros de disputa, algumas delas que afetam as mais antigas e importantes regras em campo:

UEFA Champions League: você pode personalizar os clubes e as regras que farão parte do principal torneio de clubes do mundo;

House Rules: opção que inclui cinco subdivisões

• Survival Mode: toda vez que você marca um gol seu time fica com um jogador a menos
• No Rules: partidas sem faltas e impedimentos
• Long Range: gols marcados de dentro da área mantém o mesmo valor no placar, mas gols feitos fora da grande área valem dois
• First to. . . : você define a regra para saber que sai vitorioso, como vence quem fizer o primeiro gol ou marcar três
• Headers & Volleys: só valem gols de cabeça e chutes de primeira

Best Of Series: Disputas em series melhor de 3 ou 5 partidas;

Home & Away: série clássica de ida e volta com gol qualificado;

Cup Finals: Opção para se disputar a final dos grandes torneios que fazem parte de FIFA 19.

Após as disputas, um novo sistema de análise de desempenho estará à disposição do jogador e reunirá dados de seu jogo e do adversário para você conferir seus pontos fortes e fracos.

via ESPN

Testamos o FIFA 19 na Warner Summit, em São Paulo!

Escrito por Augusto Gaia

A Warner Bros Games, distribuidora do FIFA no Brasil, realizou no dia 1º de agosto, a anual WB Games Summit, evento em que toda a mídia especializada do Brasil pode testar o FIFA em primeira mão e passar suas impressões para os consumidores.

No palco, não tivemos novidades na apresentação. Todos os vídeos e informações que a EA já havia divulgado em suas redes sociais, foram reexibidas no telão do cinema do shopping JK Iguatemi, em São Paulo, mesmo local em que o evento ocorreu no ano passado. Neste ano, no entanto, nem o Tiago Leifert falou sobre suas novas falas no FIFA 19.

Se por um lado a apresentação foi decepcionante – devido à falta de novas notícias relacionadas ao jogo da EA – não podemos dizer o mesmo da versão build do FIFA 19 da qual tivemos acesso.

A versão era a mesma da E3, na qual tínhamos 3 estádios: o Juventus Stadium, o Santiago Bernabéu e o Wanda Metropolitano (esse em especial apresentou animações dos jogadores nos túneis, antes de irem para o gramado). Entre as equipes disponíveis, tivemos 9 clubes europeusAtlético de Madrid, Bayern de Munique, Borussia Dortmund, Juventus, Manchester City, Manchester United, PSG, Real Madrid e Tottenham.

Entre as novidades da jogabilidade na edição deste ano, destaque para as táticas dinâmicas, que vão influenciar nas partidas muito mais que no FIFA 18. São inúmeras formas de jogar nas diversas formações disponíveis no jogo e nessa versão build, elas funcionaram bem: um time com amplitude aberta, tomará gols pelo meio mais facilmente, ao mesmo tempo que se você liberar os laterais, apenas os zagueiros ficarão sozinhos na defesa.

A “Retranca Total” (famoso Park The Bus) foi removida do FIFA, então segurar a bola na defesa agora já não é tão vantajoso quanto no FIFA 18. O “Todos no ataque” é mais efetivo nessa versão e os jogadores vão pressionar mais a defesa. E por falar nisso, um lado negativo é que a defesa ainda continua bastante automática… A EA adicionou ainda uma nova setinha (agora são duas!): uma é a que já tinha, que define qual jogador você está controlando e a segunda define qual jogador está “na sobra”, facilitando na hora de defender. O lado negativo é que se no modo online, as duas setinhas do seu time estiverem visíveis para o adversário, isso poderia prejudicar a criação das suas jogadas ofensivas, já que o adversário teria uma noção melhor do que você pretende fazer.

As táticas dinâmicas agora terão grande influência no jogo.

 

Já os passes estão mais lentos e os jogadores, no geral, estão demorando para dominar a bola. O índice de acerto do passe vai variar de acordo com a posição: senti que se o jogador estiver bem posicionado, os passes estão mais fáceis de se acertar, mas se o jogador estiver mal posicionado, o índice de acerto não será tão alto.

Em relação ao novo sistema de chutes, será necessário um pouco de treino para se acostumar: você terá que apertar o botão de chute pela segunda vez no momento certo, caso contrário, o seu chute sairá fraco ou passará bem longe do gol. A nova barrinha de chute só fica visível quando o Treinador FIFA estiver habilitado e pode ser desativada, voltando para o antigo sistema de chutes do FIFA 18, nas configurações. Os chutes rasteiros (dois toques no botão do chute) estão menos apelões e menos efetivos.

Não percebi grandes mudanças nos goleiros e nos gráficos, mas a torcida ganhou bandeirões e os torcedores receberam uma maior variedade de movimentos, não há tantos “clones” como no FIFA 18. No geral, o FIFA 19 é mais rápido que o FIFA da Copa do Mundo e mais lento que o FIFA 18.

Na versão disponível pra gente, não tivemos acesso ao Ultimate Team, The Journey, Modo Carreira, Pro Clubs, nem ao novo modo Kick-off. No modo amistoso, que simulava a final da Champions League, notamos uma mudança nas fontes dos números da camisa do Manchester United, que serão especiais para a competição europeia e diferentes quando a equipe inglesa jogar na Premier League. As camisas dos times agora também apresentam um patch nas mangas, com o número de títulos de Liga dos Campeões que o clube conquistou. As animações de título, por outro lado, não sofreram grandes alterações, sendo praticamente uma cópia das últimas edições.

O clima dinâmico, que todo ano é relembrado, ainda não esteve presente nesta versão. As partidas só puderam ser disputadas à noite e sem opção de habilitar a chuva.

Sobre as novas faces, percebemos que muitas ainda estavam desatualizadas. Nos trailers, por exemplo, o atacante do PSG, Cavani,  já tinha um rosto novo, enquanto que na versão build que tivemos acesso, tinha a mesma face do FIFA 18. Logo abaixo, fizemos um vídeo onde reunimos todas as novas faces que já foram divulgadas em trailers e fotos oficiais:

Apesar das gameplays vazadas darem a impressão de que o FIFA 19 é um FIFA 18.2, na prática, com o controle na mão, percebemos que é um jogo bem diferente do 18. A versão desse ano tem um grande potencial, mas a primeira atualização das versões anteriores nos dão no mínimo uma certa desconfiança. Pagar R$ 239,90, preço da versão mais barata do jogo, na pré-venda, só é válido se você é um fã incondicional do jogo e vai comprar o jogo independente de qualquer análise e review. Se você é uma daquelas pessoas que prefere segurar a grana e aguardar mais um pouco, recomendamos testar a demo do FIFA 19 (deve sair no dia 11 de setembro) que costuma trazer uma versão próxima do produto final.

E se ainda assim você continuar desconfiado e quiser pagar menos pelo produto, poderá aguardar até o final de dezembro ou início de janeiro, período do ano em que o FIFA costuma entrar em promoção. Na última edição não tivemos essa alteração no preço tão visível por conta da DLC da Copa do Mundo, que aumentou um pouco mais da vida útil do jogo.

E aí, será que a EA vai acertar a mão dessa vez?

O FIFA 19 tem seu lançamento marcado para o dia 28 de setembro de 2018 e estará disponível no Playstation 4, Xbox One, PC, Nintendo Switch, Playstation 3 e Xbox 360.

Com brasileiros na disputa, Mundial de FIFA 18 começa nesta quinta-feira. Campeão levará quase R$ 1 milhão de premiação

Senna do Boné e Pedro Resende (ambos do Xbox One) são os dois brasileiros que vão representar o país no Mundial

 

Escrito por Augusto Gaia

O Mundial de FIFA 18, última etapa do longo trajeto percorrido pelos jogadores na FIFA eWorld Cup, acontece entre os dias 2 e 4 de agosto na O2 Arena, em Londres. Dos 32 pro players classificados para a competição, 16 jogam no Playstation 4, plataforma do argentino Nicolas, e outros 16 vão jogar no Xbox One, plataforma dos brasileiros Josaci Senna e Pedro Resende. A FIFA divulgou que a premiação total desta edição chegará a US$ 400 mil (cerca de R$ 1,5 milhão), o maior valor da história do campeonato, que é disputado desde 2004.

FORMATO DO TORNEIO

Cada um dos 4 grupos terá 8 jogadores, sendo que os Grupos A e B só terão atletas do Xbox One e os Grupos C e D terão somente os atletas do Playstation 4. Na fase de grupos, teremos um total de 7 rodadas, com 7 partidas de ida e mais 7 partidas de volta.

Os 4 melhores de cada grupo passam para as oitavas de final, com os primeiros colocados enfrentando quem ficou em 4º lugar e com os segundos e terceiros colocados duelando entre si, também em partidas de ida e volta. Como na final só restará um jogador de cada console, uma partida será disputada no Xbox One e outra no Playstation 4. O vencedor do duelo no agregado será o grande campeão da FIFA eWorld Cup 2018.

HORÁRIO DAS PARTIDAS (horário de Brasília)

Na quinta-feira, 02/08, as 5 primeiras rodadas da fase de grupos começam às 6:00 e terminam às 16:00.

Na sexta-feira, 03/08, serão disputadas as últimas 2 rodadas da fase de grupos, as duas partidas das oitavas (de cada plataforma), além das quartas de final. A transmissão começa às 8:00 e também se encerra às 16:00.

Já no sábado, último dia de competições, as semifinais começam a ser transmitidas a partir de 8:00. Às 11:15, teremos uma pausa no torneio: serão reveladas as novidades do Ultimate Team para o FIFA 19, durante a transmissão. Às 13h, teremos um pequeno torneio de 2 contra 2 com alguns influenciadores (SpencerFC, ChuBoi, Castro, Bateson, etc), provavelmente já utilizando o FIFA 19. A Grande Final multi-plataforma acontecerá às 14h.

PREMIAÇÃO

A premiação total será de US$ 400 mil (cerca de R$ 1,5 milhão). O campeão levará para casa US$ 250 mil (cerca de R$ 938 mil) e ainda viajará para assistir a premiação de Melhor Jogador do Mundo da FIFA. O vice-campeão garante US$ 50 mil (cerca de R$ 187 mil), enquanto os semifinalistas ficam com US$ 20 mil (cerca de R$ 75 mil). Os eliminados nas quartas de final recebem US$ 10 mil (cerca de R$ 37 mil) e os eliminados nas oitavas vão ganhar US$ 2,5 mil (cerca de R$ 9,3 mil).

PRÊMIO #HereToCreate (patrocinado pela Adidas)

Os espectadores poderão votar no “Melhor momento” do primeiro e segundo dia de competições. No último dia, haverá uma votação final para escolher qual dos 2 momentos (Dia 1 ou Dia 2) foi o melhor. O jogador vencedor receberá o prêmio adidas #HereToCreate e mais um patrocínio de 1 ano da fornecedora alemã.

JOGADORES / DIVISÃO DOS GRUPOS

CURIOSIDADES E ESTATÍSTICAS

A FIFA convidou o cantor Zak Abel para animar o intervalo do último dia de competições.

Teremos apenas 3 sul-americanos na disputa pelo título mundial: O argentino Nicolas Villalba e os brasileiros Senna do Boné e Pedro Resende.

Mesut Özil foi chamado para ser um dos embaixadores da competição:

Pela primeira vez na história da competição, os controles vão passar por um sistema antidopagem! Segundo a FIFA, essa medida é uma maneira de profissionalizar ainda mais o competitivo do jogo, que agora vai fazer parte até do mercado de apostas…

A organização do torneio fez algumas enquetes para os participantes. Na primeira, os atletas votaram em quem eles consideram o melhor adversário em seus respectivos grupos:

Quem joga melhor defensivamente?

Quem joga melhor ofensivamente?

Qual jogador pode surpreender?

Quem será o campeão?

ONDE ASSISTIR

Teremos transmissões em 4 línguas diferentes, infelizmente nenhuma delas é em português.

A live em Inglês, Alemão, Espanhol e Chinês estarão disponíveis nesses links:

www.fifa.com/fifaeworlcup

www.youtube.com/fifatv

www.fifa.gg

Também será possível assistir nesses canais:

Inglês:

www.twitter.com/fifaeworldcup

www.facebook.com/fifaeworldcup

www.twitch.tv/easports

Alemão:

https://www.twitch.tv/fifaeworldcup

Chinês

https://www.weibo.com/OfficialFIFA

Vamos acompanhar os principais momentos da competição no TwitterFacebookInstagram e YouTube do Arte Virtual.

Parece brincadeira, mas não é: FIFA 19 terá modo semelhante a PUBG e Fortnite

Sucesso no atual cenário dos esports, o battle royale está prestes a fazer parte de FIFA 19. Calma, os jogadores não se acertarão com as frigideiras de PUBG ou construirão rampas como em Fortnite. Mas sua essência, o “último jogador de pé é o vitorioso”, sim.

Em entrevista ao site Marca, importante nome da imprensa espanhola, Samuel Rivera, produtor de jogabilidade de FIFA, confirmou a presença de novas maneiras de jogar uma partida de futebol no game dentro do modo de jogo “Kick Off”.

Uma dessas variações de jogo remete ao gênero battle royale da seguinte forma: as equipes começarão completas, com 11 jogadores cada. Caso FIFA 19 tenha a volta de outras modalidades como futsal ou “society”, com menos jogadores, também fariam parte do modo.

Toda vez que um time marcar um gol, perderá um de seus jogadores (no caso, o artilheiro). Assim, teria que jogar com inferioridade numérica. Uma vez que o adversário marque, é ele a perder um jogador. Um embate “1 contra 1” quase sempre será o “fim da linha” para uma disputa. Caso seu time marq três vezes, e o adversário nada, o jogo será “8 atletas contra 11”.

O modo, no entanto, não será algo inédito na franquia. FIFA Street, de 2012, contava com um modo semelhante, o “Last Man Standing”, guiado pela regra principal citada acima: cada gol remove um jogador do time.

FIFA 19 será lançado em 28 de setembro para PlayStation 4, PlayStation 3, Nintendo Switch, Xbox One, Xbox 360 e PC.

via ESPN

CONFIRMADO: FIFA 19 terá Liga Chinesa

Escrito por Augusto Gaia

Em um evento do PlayStation em Hong Kong, tivemos a confirmação da inclusão da Super Liga Chinesa no FIFA 19.

O campeonato chinês, nos últimos anos, foi uma das ligas mais especuladas para o FIFA, assim como a Champions League, e com a inclusão de todos os 16 times licenciados no FIFA Online 4 – um jogo voltado para o mercado asiático – esse rumor voltou a ficar muito forte.

A liga da China conta com vários jogadores brasileiros, dentre eles Renato Augusto (Beijing Guoan), Hulk e Oscar (ambos do Shanghai SIPG) e mais recentemente, Róger Guedes, recém-contratado do Shandong Luneng.

Ceará estará presente no FIFA 19 com escudos e uniformes oficiais, mas com jogadores genéricos

Os fãs do futebol virtual poderão atuar com o time do Ceará Sporting Club nas próximas edição do jogo Fifa e Pro Evolution Soccer (PES). A informação foi confirmada pela equipe alvinegra, que volta a ganhar destaque nas franquias por conta do acesso à Série A do Campeonato Brasileiro em 2017.

De acordo com o diretor de marketing do clube, Christian Alekson, os contratos de licenciamento com a Konami, responsável pelo PES, e com a EA Games, que produz o Fifa, possuem especificidades que delimitam a participação dos atletas do clube dentro do game.

“A diferença básica entre os dois é que um possui atleta licenciado e o outro não. No caso do PES, a gente vai ter o time completo com escudo, os uniformes e os atletas padronizados, porque também assinaram contrato com uso de imagem. O que não acontece no Fifa, que temos apenas o clube licenciado. Os atletas serão todos genéricos“, declarou.

A ausência de jogadores licenciados no elenco do game Fifa não é uma problemática envolvendo apenas o Ceará. A franquia, que começou a firmar acordo com os times da Série A do Brasileirão em 2006, já não estampa nenhum atleta que atua na principal liga de futebol do país desde 2014, quando substituiu todos por nomes genéricos. Apesar do interesse do próprio Alvinegro em proporcionar a experiência para o torcedor com os perfis de Ricardinho, Éverson e cia, a atualização do elenco só deve vir no ano seguinte.

“A EA Games sempre tem uma entidade que eles fecham de forma geral com as equipes, licenciando através da própria competição. Essa instituição ainda não existe no Brasil. Há uma previsão que isso possa ser resolvida até 2019“, explicou o diretor de marketing do Ceará.

via Diário do Nordeste

De acordo com site, Vitória renova contrato com a EA SPORTS e estará licenciado no FIFA 19

Escrito por Augusto Gaia

De acordo com o portal BahiaNotícias, o Vitória terá escudo, uniformes e alguns jogadores licenciados no FIFA 19. Nas últimas edições do jogo, o clube baiano apareceu com o elenco completamente genérico, fato que deve mudar nessa versão, de acordo com o site.

Se a maioria dos atletas aparecerem como fakes no jogo, seria algo negativo pensando em Modo Carreira, ao mesmo tempo que a aparição de escudos e uniformes licenciados seria bom para os clubes, se pensarmos na visibilidade gerada pelo Ultimate Team e nos possíveis torneios oficiais do competitivo de FIFA.

No início do ano, o rubro-negro anunciou sua entrada no eSport e atualmente o clube conta com uma equipe de Pro Clubs que disputa a VPSL (Virtual Professional Soccer League).

Ainda não há informações sobre os demais times brasileiros no FIFA 19.

FIFA 19 vai mostrar probabilidades de cartas em packs do Ultimate Team

A Electronic Arts disse que não vai mais usar loot boxes em novos lançamentos, mas restou certa dúvida sobre os pacotes de atletas do FIFA Ultimate Team e outras modalidades similares em jogos esportivos da empresa.

Os packs vão continuar sendo vendidos, mas a partir de FIFA 19 o jogo vai mostrar as probabilidades para conseguir determinadas cartas, conforme explicou Daryl Holt, vice-presidente da EA Sports, ao Eurogamer.

“No Ultimate Team, quando você compra um pacote você sabe o que está levando. Você ganha um certo número de itens que são garantidos e agora vamos começar a mostrar as chances de conseguir o que você quer”, explicou Holt.

O executivo não entrou em detalhes sobre como exatamente esse tipo de informação vai ser mostrada aos jogadores.

VEJA TAMBÉM: Liga chinesa? Clubes do Leste Europeu? Confira os novos times que podem chegar ao FIFA 19

As novidades sobre o Ultimate Team, Modo Carreira e Pro Clubs costumam ser reveladas apenas no mês de agosto. O FIFA 19 chega dia 28 de setembro para PlayStation 4, Xbox One, PS3, Xbox 360, Nintendo Switch e PC.

via The Enemy

Liga chinesa? Clubes do Leste Europeu? Confira os novos times que podem chegar ao FIFA 19

(Photo by Matteo Ciambelli/NurPhoto)

 

Escrito por Augusto Gaia

O FIFA 19 já foi anunciado oficialmente pela EA SPORTS e a principal novidade desta edição, pelo menos até agora, é a inclusão da Champions League no jogo.

O contrato assinado com a EA permite que a desenvolvedora explore o logotipo e o troféu da competição, mas não inclui os direitos de imagem dos clubes. No PES, que tinha os direitos de exploração do torneio até essa edição e nos FIFAs com a temática da Champions (UEFA Champions League 2004-05 e 2006-07), tínhamos alguns clubes com escudos e uniformes genéricos.

Em PES (na parte de cima), já tivemos PM Black White (Juventus) x MD White (Real Madrid) e no FIFA (na parte inferior), já foi possível jogar com o Moscow C (CSKA) e o Kyiv (Dínamo de Kiev).

 

O licenciamento provavelmente será algo que afetará pouco o FIFA, afinal a EA já tem a licença das principais ligas e clubes do mundo, mas alguns clubes do Leste Europeu que costumam participar da Champions, como o Steaua Bucareste, da Romênia e o Dínamo de Kiev, da Ucrânia deveriam ser licenciados para dar maior autenticidade à competição. Se a fase de playoffs for considerada, a discussão sobre a adição de novos clubes da região fazem ainda mais sentido.

LIGA RUSSA LICENCIADA SÓ EM PRO EVOLUTION SOCCER

Ainda em relação às licenças europeias, a Konami assinou um contrato de exclusividade com a Premier League da Rússia. Com isso, teremos equipes russas com escudos e uniformes genéricos no FIFA 19, no entanto, devido ao acordo que a EA tem com a FIFPro, os atletas que atuam na liga poderiam ser incluídos no jogo de forma autêntica.

O campeonato russo não estará licenciado no FIFA 19. (Reprodução: Konami)

 

Outro campeonato europeu que deve voltar a ser licenciado no FIFA 19 é a Serie A da Itália. Um artigo publicado na Gazzetta Dello Sport confirma um acordo da liga italiana com a EA SPORTS e que incluiria no jogo a primeira divisão italiana e a Copa da Itália licenciadas. Ainda não há informações se com essa parceria seriam adicionados placares oficiais ao FIFA, nem se com tal compromisso teríamos a inclusão de novos estádios do país. Por fim, no contrato também estaria previsto a criação de uma liga de e-sport do Campeonato Italiano.

O Gazzetta Dello Sport afirma que a Serie A TIM voltará a estar licenciada no FIFA 19 (Reprodução: Gazzeta Dello Sport)

 

Outra licença que deve chegar ao FIFA é a do Campeonato Chinês. Tão especulada no FIFA quanto a Champions League nos últimos anos, a primeira divisão da China vem ganhando um tratamento especial no FIFA Online 4, jogo da EA SPORTS que é bastante popular na Ásia. Nos últimos anos, a EA estava incluindo no máximo 6 clubes da China nesse game. Neste ano, ela já acrescentou todos os 16 times da liga, então é bem provável que finalmente tenhamos a Super Liga Chinesa no FIFA 19.

Todos os 16 clubes do Campeonato Chinês já aparecem no FIFA Online 4. (Reprodução: Twitter/@Vincent_Nan)

 

Com isso, a tendência é que tenhamos a entrada de novos times da Champions League, a liga chinesa, o licenciamento do logotipo e dos troféus do Campeonato Italiano, além da saída parcial da liga russa, que teria todas as equipes com escudos e uniformes genéricos.

Novidades sobre o Ultimate Team, Modo Carreira e Pro Clubs costumam ser reveladas apenas no mês de agosto, próximo e durante a Gamescom. A EA vai anunciar oficialmente a lista com todas as ligas presentes no FIFA 19 somente alguns dias antes do lançamento do jogo, que está marcado para o dia 28 de setembro e será lançado para Xbox One, Playstation 4, PC, Nintendo Switch, Xbox 360 e Playstation 3.