OFICIAL: FIFA 19 terá UEFA Champions League

A EA SPORTS anunciou oficialmente o FIFA 19, que chegará dia 28 de setembro para Playstation 4, Xbox One, PC e Nintendo Switch.

A grande novidade deste ano será a inclusão da UEFA Champions League, o maior torneio de futebol da Europa, que voltará à franquia após 10 anos.

Assista ao trailer abaixo, que teve inclusive a narração de Cristiano Ronaldo, garoto-propaganda do jogo pelo segundo ano consecutivo:

Tiago Leifert confirma participação no FIFA 19: “Neste ano, a gente vai ter mais de 100 horas de material”

Escrito por Augusto Gaia

Nesta segunda-feira, no programa Estádio 97, da rádio paulista Energia 97 FM, o apresentador do BBB e atual narrador do FIFA, Tiago Leifert, confirmou que já começou a gravar as falas para o próximo FIFA 19. Muito se especulava sobre sua possível saída devido a uma entrevista concedida à IGN Brasil em 2015, na qual o próprio narrador afirmava que narraria pelo menos “até o game da Copa de 2018”, no entanto, seu contrato com a EA SPORTS foi renovado.

Embora não tenha anunciado publicamente a duração do seu novo acordo com a empresa, ele afirmou que ao lado de Caio Ribeiro, já estão trabalhando na próxima edição: “São várias horas novas de material e muitas coisas extremamente interessantes para o FIFA.” Questionado sobre o tempo que levou no estúdio, Tiago comentou que “neste ano, a gente vai ter mais de 100 horas de material.”

TIMES BRASILEIROS FORA DO FIFA 19

12002756_1127163160644735_6080727413489440750_n
O FIFA 16 foi a última versão a contar com jogadores licenciados e, mesmo assim, muitos elencos ficaram desfigurados assim que o campeonato acabou.

 

Leifert também comentou sobre a dificuldade que a EA encontra ao licenciar clubes e elencos brasileiros: “Quando você chega na liga europeia, uma liga espanhola, uma liga francesa, quando você compra os direitos para liga, já vem junto os times e os jogadores. Aqui no Brasil, quando você compra uma liga, não vem o time e quando você compra o time, não vem o jogador. Então você tem que negociar liga por liga, camisa por camisa, jogador por jogador, e aí não vale a pena para nós.”

“Estava tudo bem, até que um dia, um advogado percebeu que talvez pudesse um juiz interpretar neste contrato que não incluía vídeo game. Ele entrou com uma ação e ganhou. É um trabalho muito grande, a empresa não fica aqui. Você ir de clube em clube, jogador por jogador, fazer uma proposta, custa muito dinheiro, então se os clubes brasileiros se organizarem, colocarem no contrato dos jogadores que vídeo game está no contrato dos jogadores e chegarem pra gente e falar: “A gente quer entrar”, a gente fala “Bora!”

No FIFA 18, os elencos do Brasileirão aparecem com jogadores totalmente genéricos e nomes fora da realidade

 

“Outro dia, estava conversando com uma pessoa que trabalha num clube daqui (de São Paulo) e ele falou “Fechei com o PES!” e eu falei “Você fez besteira”. Com todo respeito ao PES, mas acho que a gente vende 7 para 1 ou alguma coisa assim, é muito maior o FIFA do que o PES. De visibilidade, das duas uma: ou você fecha com o maior ou você fecha com os dois, nunca vai dar exclusividade para o menor. A cabeça do brasileiro ainda é “eles ofereceram dinheiro melhor”. E daí, o que importa? Isso é do marketing, você tem que pensar em outra coisa.”

Clubes brasileiros como o Santos terão seu contrato com a EA SPORTS se encerrando em 2018 e não vão renovar. Com isso, o que já vinha sendo especulado nos últimos anos finalmente se concretiza: o Campeonato Brasileiro vai ficar de fora do próximo FIFA.

FIFA 19 terá a licença da Champions League, diz comentarista holandês

FIFA 19 deve mesmo ter a licença da Champions League, o torneio de clubes europeu que sempre foi um dos maiores diferenciais do rival Pro Evolution Soccer. É o que diz Evert ten Napel, o comentarista da versão holandesa do game.

“Em 2019, o jogo será ainda melhor pois teremos a Champions league e a Europa League”, afirmou o comentarista, durante a transmissão de um programa sobre futebol na Fox Sports holandesa (via NU.nl).

A novidade ainda não foi confirmada pela Electronic Arts, que prepara o lançamento do DLC da Copa do Mundo para FIFA 18.

A parceria entre a UEFA e a Konami durou dez anos e se encerra no próximo dia 26. A exclusividade do torneio europeu era uma das poucas vantagens de Pro Evolution Soccer no que diz respeito a torneios e uniformes oficiais.

Por enquanto, FIFA 19 não foi anunciado. Já PES 2019 chega em 28 de agosto ao PlayStation 4 Xbox One, em 30 de agosto para o PC.

via The Enemy

UEFA oficializa: PES 2019 não terá a Champions League!

Escrito por Augusto Gaia

Nesta quarta-feira (18), a entidade máxima do futebol europeu anunciou o encerramento da parceria da Konami com a UEFA Champions League, que já durava 10 anos. Confira o comunicado na íntegra:

“A UEFA Champions League ofereceu a plataforma de mídia e ativação perfeita para a Konami e tem sido uma das principais características do mundialmente famoso Pro Evolution Soccer.

Comentando sobre o fim dessa parceria de longa data, Guy-Laurent Epstein, diretor de marketing da UEFA Events SA, disse: “A Konami tem sido um forte parceiro de licenciamento para a UEFA Champions League e a UEFA Europa League, tendo a nossa marca de competição fortemente apresentada no vídeo game, bem como parte dos populares torneios de e-sports da UEFA Champions League organizados pela Konami.”

“Foi uma parceira muito cooperativa e mutualmente benéfica. A UEFA gostaria de agradecer a Konami pelo seu enorme empenho e apoio às competições da UEFA na última década e esperamos continuar trabalhando com a Konami na esfera das seleções nacionais da UEFA.”

Jonas Lygaard, diretor sênior de desenvolvimento de marcas e negócios da Konami Digital Entertainment B.V. disse: “A licença da UEFA Champions League nos deu plataforma para criar experiências únicas e proporcionar aos fãs de todo o mundo a oportunidade de desfrutar dessa competição em primeira mão. Esse ano, no entanto, vamos mudar nosso foco para outras áreas. Continuaremos a explorar maneiras alternativas pelas quais UEFA e a Konami podem continuar trabalhando juntas, já que nosso relacionamento continua forte.”

Com isso, após a grande final do torneio em Kiev no dia 26 de maio, a licença da UEFA Champions League deverá pertencer à EA SPORTS, que nos próximos meses, deverá anunciar essa parceria oficialmente.

Um acordo, no entanto, não quer dizer necessariamente que o FIFA 19 terá o torneio. Na temporada 2006-2007, por exemplo, a EA lançou um jogo avulso somente com ligas europeias e ilustrando a competição.

Há 10 anos, a EA lançava o último jogo avulso da Champions League, na edição 2006-07.

 

Na prática, o licenciamento da Champions League possibilita que a EA utilize apenas o nome oficial do torneio, o logotipo e o troféu oficial da competição no FIFA. Outro detalhe é que os direitos de imagem dos clubes não pertencem à UEFA: se a empresa quiser representar fielmente a competição com clubes do Leste Europeu que ainda não estão no jogo como Steaua Bucareste, Qarabag e Slavia Praga, terá que negociar individualmente com as equipes.

FIFA 19 – Primeiros rumores

Escrito por Augusto Gaia

O FIFA 19 só será lançado no final de setembro, mas nessa época do ano já há muita especulação sobre o que pode ser novidade na próxima edição. Por conta disso, o Arte Virtual FC decidiu reunir os principais rumores até agora e comentar qual conteúdo realmente deve aparecer no jogo. Lembrando que nenhuma informação contida nessa postagem é 100% oficial, tratamos sempre como rumor até a EA anunciar oficialmente.

UEFA Champions League: Apesar de ser uma licença que todo ano é especulada, desta vez parece que as coisas estão mais bem encaminhadas. Já havíamos informado há cerca de um ano que o contrato da UEFA com a Konami se encerraria no PES 2018 e, por conta disso, ocorreria uma nova negociação. A tendência é que tanto o FIFA quanto o PES compartilhem a licença, já que a entidade máxima do futebol europeu tem um grande interesse em divulgar a sua competição para o maior número possível de pessoas.

Na prática, o licenciamento da Champions League possibilitaria que a EA utilizasse apenas o nome oficial do torneio, o logotipo oficial e o troféu em seu jogo. Sendo assim, um possível licenciamento não acrescentaria nenhum novo clube, já que os direitos dos times não pertencem à UEFA. Há também a possibilidade da EA SPORTS lançar um jogo avulso da competição, como aconteceu na temporada 05-06 e 06-07. Nas fotos abaixo, temos um exemplo claro do que aconteceu no game UEFA Champions League 2006-07: alguns clubes apareciam com escudos e uniformes genéricos, mesmo com a EA tendo a licença da competição.

Novo narrador brasileiro: De acordo com a IGN, o 2018 FIFA World Cup será a última edição com a dupla Tiago Leifert/Caio Ribeiro. Sendo assim, a EA SPORTS deve procurar uma nova dupla de narração para o FIFA 19. Ou não…

Uma possibilidade bem real é a de não termos nenhum narrador do país narrando o jogo, algo que aconteceu pela última vez no FIFA 12. Devido aos inúmeros processos dos jogadores que atuam no Brasil (nessa semana, o Leandro Almeida ganhou em 1ª instância, inclusive), a EA teria um prejuízo maior que o lucro e simplesmente não compensaria mais investir no país. Comentamos sobre essa possibilidade no nosso canal no YouTube, no início de fevereiro, e apresentamos diversas opções que poderiam substituir a atual dupla de narração:

A ausência definitiva do Brasileirão: FIFA 19 não terá o Campeonato Brasileiro. Os contratos da EA com a maioria dos clubes do país se encerram neste ano e não há sinal algum que haverá uma renovação. A explicação é óbvia: centenas de atletas processam a empresa por uso indevido do direito de imagem, o que impossibilita a adição de jogadores que atuam na “Liga do Brasil”.

Nas últimas edições, os clubes até apareceram no jogo com uniformes licenciados e elencos genéricos, mas com o encerramento dos contratos, esse panorama vai mudar e o Brasileirão vai desaparecer do FIFA.

Copa Libertadores: sem Brasileirão, não haveria motivo para a EA investir na licença da principal competição sul-americana. Assim como uma possível licença da Champions, um acordo com a CONMEBOL não permitiria a exploração da imagem dos clubes e dos jogadores. Na prática, a licença só incluiria o nome da competição e o troféu no jogo.

Liga Chinesa: um dos rumores que mais persistem, ano após ano, é a inclusão do Campeonato Chinês no FIFA. Nas duas últimas versões do jogo, foram encontrados uniformes e escudos de times chineses na base de dados:

O FIFA 17 tinha 5 clubes chineses escondidos na base de dados, com uniformes e escudos oficiais

Outra razão para acreditar em uma possível inclusão da liga chinesa é que na divulgação de outro jogo da EA, o FIFA Online 4, disponível apenas para o mercado asiático, tivemos até o logotipo oficial da SuperLiga Chinesa sendo exibido.

Clima dinâmico: Mais um assunto que já vem sendo especulado desde o FIFA 15 é essa possibilidade de ter uma transição de clima e tempo durante o jogo: uma partida que comece às 17h, no entardecer, terminaria às 19h, já no início da noite e uma partida que começasse sem chuva poderia terminar com chuva. 

Em um bate-papo no YouTube, o produtor brasileiro Gilliard Lopes, que trabalha na sede da EA SPORTS em Vancouver, comentou sobre essa possibilidade que volta e meia é relembrada:

“Se for implementar o clima dinâmico no FIFA, tem que implementar direito, ou seja, se começar a chover, a bola passa a parar na poça, ela fica mais pesada, o campo fica mais pesado, ela rola menos. Para implementar algo assim, teria que fazer bem-feito. E aí que entra a questão delicada: o quanto o fato de um jogo ser e-sport muda alguma das prioridades e conceitos que você usa quando faz o design. Uma das coisas que a gente tenta evitar quando tem um e-sport é justamente a aleatoriedade, você mudar as condições do jogo de forma aleatória. Então, se você tiver um sistema de clima dinâmico no FIFA, a gente vai ter que tomar um cuidado para que esteja desabilitado durante partidas competitivas ou se tiver habilitado seja de alguma forma mais previsível. […] Não posso anunciar features novas, não posso falar o que vai ou não ser feito. É algo que a gente sempre observou, mas tem algumas dependências importantes de rendring, de gameplay, de física que até hoje não aconteceu de ser uma feature prioritária.

A conversa, na íntegra, está disponível no vídeo abaixo:

Novas faces: Todos os anos, a EA inclui novos rostos no game e no FIFA 19 não será diferente. Até agora, a maioria das fotos vazadas foram de scans envolvendo equipes inglesas, mas a expectativa é que jogadores como Asensio, Casemiro, Ederson, entre outros jogadores venham com faces personalizadas.

Algumas faces já começaram a ser incluídas no FIFA Mobile e possivelmente devem chegar em uma DLC ou jogo avulso da Copa do Mundo, antes do lançamento do FIFA 19.

O jogo não será lançado para Xbox 360 e PS3: O FIFA 18 foi o último FIFA a ser lançado para a antiga geração, que já não apresenta novidades significativas desde o FIFA 14, por conta da sua limitação gráfica. As versões do jogo para Xbox 360, PS3 e Nintendo Switch, somadas, equivalem a somente 3% do total de vendas.