FIFA Talent Scout: trabalhe para a EA SPORTS na sua casa!

Escrito por Augusto Gaia

Você sabia que é possível trabalhar para a EA SPORTS no aconchego do seu lar? O EA SPORTS FIFA Talent Scout recruta pessoas que gostam de FIFA e entendem de futebol para fazerem parte da equipe de edição oficial do jogo. Esse site que a empresa faz propaganda todos os anos oferece, atualmente, vaga para dois setores:

Analista de futebol: Também conhecido como revisor de dados. Essa pessoa é encarregada de ajudar os editores de dados, procurando erros e sugerindo melhorias. Por exemplo: corrigir a altura e o peso de um atleta que possam estar errados, sugerir mudanças nos atributos ou aparência (rosto/cabelo ou acessórios como chuteiras), corrigir o pé preferido de um atleta destro, mas que no jogo está como canhoto, etc… Esse cargo é totalmente voluntário, no entanto, um revisor de dados ativo, que envia feedbacks com qualidade e com uma certa frequência, pode ser promovido a editor de dados, uma posição remunerada, em que o seu nome aparece nos créditos do jogo e de quebra, você ainda pode ganhar o FIFA de graça.

Editor de fotos: Sabe as fotos dos jogadores que aparecem no FUT e na escalação dos jogos? É bem isso que você está imaginando… O produtor te enviará fotos de diversos jogadores, você terá que editar e enviar para ele de volta. Pode parecer simples, mas eles são bem exigentes quanto à qualidade do recorte das fotos dos jogadores e muitas pessoas são reprovadas nesses testes. O ideal é que você tenha uma certa habilidade para mexer no Photoshop e tempo. Assim como o editor de dados, seu nome aparecerá nos créditos e você poderá ganhar o jogo de graça.

Se quiser participar, acesse o site por aqui. Após se cadastrar, você fará um teste para a EA saber mais sobre os seus conhecimentos futebolísticos. É fundamental saber ler e escrever em inglês, além de ter no mínimo 16 anos, que é a idade mínima para trabalhar legalmente no Brasil.

Você pode ajudar na edição de uma liga que já está no jogo. Embora os atletas do Campeonato Brasileiro não tenham aparecidos de forma oficial no FIFA 17, eles foram observados e analisados por vários meses, tiveram seus atributos, aparências (faces, chuteiras) editados e ainda estão lá na base de dados online da EA. Os processos judiciais de alguns atletas acabou impedindo que esse trabalho fosse para o jogo.